Dominio: escolabiblicaonline.net
Chave: 0e2b778fe7b08b4f039d68e64846fdfe918df7bb
Hora do cache: 1501043421
Vida do cache: 1501086621
Status: 1
Mensagem: Centive nao respondeu
Chave do Pedido: c8c2cbe6dbc85fc36375da1d48e4e880bd51276d
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top
Baixe Grátis Nosso Brinde desta semana!

Esta semana estamos oferecendo totalmente de graça o E-book 250 Perguntas e Respostas na Bíblia - Especial para Gincanas.

São 250 perguntas e pegadinhas ótimas para ensinar de forma divertida na EBD.

Quem é Cristão

Você sabe o que é ser cristão de verdade? Qual a diferença de evangélico, católico e cristão? Será que frequentar uma igreja e seguir uma doutrina cristã te faz cristão? Leia este artigo e conheça a verdade a luz [...]

Compartilhe a Verdade que Liberta!

Quem é Cristão, como é ser cristão?

 

A primeira vez que a palavra ‘cristão’ que significa ‘seguidor de Cristo’ aparece na Bíblia é em Atos 11.26. E sucedeu que todo um ano se reuniram naquela igreja, e ensinaram muita gente; e em Antioquia foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos.”
Os antioquinos chamaram os discípulos de Jesus de ‘cristãos’ pelo fato de terem vivido juntos com eles por todo um ano. A vida simples, amorosa e totalmente submissa a Deus que os discípulos cultivavam, só podia ser descrita como ‘cristã’ ou semelhante a Cristo. Essa definição nos obriga a entender que cristãos não são pessoas que fazem adesão por uma igreja local que se denomine cristã. Ser cristão é adotar o mesmo estilo de vida de Jesus Cristo.

ser crsitão_escola_biblica_online

No contexto de Atos 11.26 o testemunho de outras pessoas foi o que deu veracidade a fé cristã daqueles primeiros discípulos. Os apóstolos não puseram placas no local onde se reuniam chamando de cristã aquela igreja. Os antioquinos ouviam o testemunho de Jesus Cristo, como Ele andava, seu amor para com o próximo, sua rendição total ao Pai e viram que os seus servos reproduziam aquele mesmo estilo de vida de seu Mestre. Então ao pensar em cristianismo devemos pensar em IMITAÇÃO DE CRISTO.

Ainda que as coisas tenham mudado muito desde que os primeiros servos receberam essa definição, o principio ainda é o mesmo. Mesmo que a sociedade tenha usado termo ‘cristão’ para diferenciar a fé protestante das demais religiões, não é adequado pensar que ‘cristão’ é qualquer pessoa que acredita em Deus ou que simpatiza com a vida dos que servem a Jesus. Não é certo denominar de cristão uma pessoa que lê a Bíblia ou que vai aos cultos cristãos aos domingos. Não é correto pensar que cristãos sejam àquelas pessoas que decidiram se submeter ao batismo praticado pelos cristãos, ou optaram por dar 10% de sua renda mensal a uma igreja local. Pessoas fazem adesão por uma igreja local por inúmeras razões, e nem todas se classificam como cristãs.

O apóstolo João em 1 João 2.3 a 6 “E nisto sabemos que o conhecemos: se guardarmos os seus mandamentos. Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade. Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos nele. Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou.” Parece querer nos dá uma noção correta sobre o significado de ser. João especifica que a mera confissão de uma pessoa não faz dela cristã, ela precisa guardar as palavras de Jesus e imitá-lo no seu modo de viver. Permanecer em Jesus e andar segundo seu exemplo é a verdadeira credencial do cristão. Em outras palavras não é possível alguém ser cristão sem que antes esteja totalmente ligado a Ele pela obediência e pela imitação. Jesus ratificou o maior mandamento ao dizer quer era dever de todos os cristãos amarem a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Ser cristão de verdade, é amar a Deus com o máximo de intensidade possível e traduzir este amor ao próximo através de atos de cuidado, respeito e perdão incondicional.

ser crsitão_escola_biblica_online_02

O verdadeiro cristão é marcado pela santidade, essa santidade não é possível senão pelo amor incondicional a Deus e ao próximo. Imitar a Jesus é a marca vital do cristão. Se alguém não o faz, este tal não é cristão. O autentico cristão evita o pecado não por legalismo, mas por medo de entristecer o Espírito que lhe selou. Ele vive as virtudes de Cristo em seu dia a dia e o faz por ser de fato habitado pela presença viva e dinâmica do Espírito de Cristo em sua vida. Ao criar o homem, Deus o fez segundo a sua imagem e semelhança, mas o pecado o maculou e agora por meio do Espírito Santo, Deus quer que cada crente seja novamente transformado na sua imagem: 2 Coríntios 3.18 “Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.”

A ideia aqui é a seguinte: uma pessoa se olhando num espelho e enquanto se observa, percebe pouco a pouco seu rosto se transformando no rosto do próprio Deus. Deus quer que cada um de seus filhos tenha traços de caráter como os Dele. Há diversas citações no Novo Testamento que nos mostram o empenho dos líderes do primeiro século em manter na consciência dos primeiros cristãos a ideia da imitação de Cristo:

“Rogo-vos, portanto, que sejais meus imitadores.” I Coríntios 4.16 * I Coríntios 11.1 * Efésios 5.1 * Filipenses 3.17 ao 20 * I Tessalonicenses 1.4 ao 7 * I Tessalonicenses 2.14 * Hebreus 6.12 – Vemos nestas palavras que o fim último do evangelho é tornar cada crente um verdadeiro imitador de Cristo. O apostolo Pedro diz que os cristãos possuem a natureza do próprio Deus: 2 Pedro 1:3-7

João diz alguma coisa semelhante em 1 João 3. 7 a 11 “Filhinhos, ninguém vos engane. Quem pratica justiça é justo, assim como ele é justo. Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo. Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus. Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus. Porque esta é a mensagem que ouvistes desde o princípio: que nos amemos uns aos outros.”

 ser crsitão_escola_biblica_online_03

Então os verdadeiros cristãos estão capacitados a viverem em imitação verdadeira da pessoa e do caráter de Cristo porque eles têm a natureza divina correndo por sua alma bem como tem a semente de Deus em suas vidas. A palavra “semente” é um antropomorfismo , no original grego João usa a palavra “sperma” que é a semente que dá vida aos homens. Em outras palavras, João está dizendo que ao ser regenerado pelo Espírito Santo, o cristão é gerado pelo próprio Deus afim de que possa viver como Deus em questões morais.

O verdadeiro cristão não se torna imitador de Deus por mera disciplina, mas por um processo natural do Espírito de Deus que trás para o crente o “DNA” de Deus. Esse “DNA” faz do crente um filho de Deus e suas ações atestam esse fato. Esses recursos divinos lhe permitem reproduzir com o poder do Espírito Santo uma vida de imitação da pessoa de Jesus Cristo.

No capitulo três da sua primeira carta, João enfatiza características das pessoas que possuem o DNA de Deus e características de pessoas que possuem o DNA do Diabo. O apóstolo do amor ensina-nos que as pessoas que tem o DNA de Deus são capacitadas para não viverem suas vidas diferentes daquela escolhida pelo próprio Deus. Enquanto que aqueles que têm o DNA do inimigo, são incapazes de produzirem obras que agradam a Deus. Mas qual é o DNA de Deus? Quais são os traços de caráter que os cristãos devem ter por serem filhos de Deus? Ora, os traços de caráter que Deus quer que seus filhos tenham são simplesmente o fruto do Espírito: “Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio” . O que vem da semente é o fruto, nada mais lógico do que isso! Um verdadeiro cristão produzirá esse fruto em sua vida de modo que não haja diferença entre sua vida cristã e sua conduta diária. Gálatas 5.16 ao 26

fruto_do_espirito santo

Sobre o autor | Website

Professor da EBD - Ministro na Igreja Evangélica Ministério Vida de Minas Gerais. Teólogo, Mestre em Teologia Sistemática Aplicada, Blogueiro Cristão a vários anos, já escreveu mais 1000 artigos para diversos blogs e sites. Artista Plástico, Designer e Escritor. Criador do Curso digital: TSA- Teologia Sistemática Aplicada.

Gostou do artigo?

Escreva-se na minha lista de amigos e ganhe um E-book. Agora!

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: