Dominio: escolabiblicaonline.net
Chave: 0e2b778fe7b08b4f039d68e64846fdfe918df7bb
Hora do cache: 1508443111
Vida do cache: 1508486311
Status: 1
Mensagem: Centive nao respondeu
Chave do Pedido: c8c2cbe6dbc85fc36375da1d48e4e880bd51276d
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top
Baixe Grátis Nosso Brinde desta semana!

Esta semana estamos oferecendo totalmente de graça o E-book 250 Perguntas e Respostas na Bíblia - Especial para Gincanas.

São 250 perguntas e pegadinhas ótimas para ensinar de forma divertida na EBD.

Apresente-se como Obreiro Aprovado.

Temos hoje vivido um tempo de avanços constantes, tanto na área tecnológica como eclesiástica e um obreiro que não amplia diariamente o seu conhecimento da Palavra de Deus, pode facilmente ser engando por tantas e tantas doutrinas de demônios [...]

Compartilhe a Verdade que Liberta!

A paz do Senhor amado leitor.

Dias após dias temos vistos dezenas de obreiros sendo consagrados, mas será que são obreiros realmente preparados? Antes de você ser ungido obreiro, você teve algum curso ou preparação pela sua liderança eclesiástica? Ou você foi preparado para ser usado como ovelha para o sacrifício? 🙁

Realizei esta ultima pergunta, pois tenho visto, muito dessa ações sendo realizadas nas igrejas. Pessoas com muito amor por Deus e pela obra, pessoas assumindo a posição de obreiro, com vontade de realizar a obra, mas sem preparo nenhum. Pessoas com vontade e disposição, mas pessoas enviadas para o campo de batalha sem nenhum treinamento.  Ovelhas ungidas para o sacrifício e não para o ministério.

E é bom que se diga, sacrifício todo temos de fazer, mas estas pessoas são sacrificadas em prol do crescimento, muita das vezes, não da obra, mas do ministério de lideres corruptos e opressores que só pensam no seu próprio crescimento. Lobos disfarçados de pastores que só querem as ovelhas para seu próprio alimento.

“Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto!”, diz o Senhor.
Jeremias 23:1

Pontos básicos do preparo de um bom obreiro

 

Para exercer seu ministério, é necessário que o obreiro cristão seja:

  • Vocacionado e chamado por Deus,
  • Tenha convicção de sua salvação e chamada ministerial
  • Mantenha a chama pentecostal ardendo no seu coração continuamente,
  • Sem esquecer que representa uma instituição religiosa localizada em uma sociedade e que tem identidade jurídica.

Sendo assim, o obreiro tem de se ajustar ao perfil do contexto social em que vive e buscar conhecimento para exercer com excelência seu ministério.

Exercer com competência sua missão como líder do povo que Deus lhe confiou, sem perder, é claro, a visão da sua chamada, a sua identidade espiritual, a humildade em Cristo Jesus e, acima de tudo, manter-se fiel ao compromisso com a volta do Seu Senhor (Lc 18.8; 1Ts 4.13-18).

Temos vivido os últimos Tempos

Temos hoje vivido um tempo de avanços constantes, tanto na área tecnológica com eclesiástica e um obreiro que não amplia  diariamente o seu conhecimento da Palavra de Deus, pode facilmente ser engando por tantas e tantas doutrinas de demônios que tem surgido neste últimos dias.

“Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência” (1 Timóteo 4 : 1 , 2).

 

Portanto, é importantíssimo que o obreiro se aprofunde diariamente no estudo da palavra e em conhecimento eclesiástico, pois só assim o obreiro saberá com distinguir entre a “Sã Doutrina” e as “doutrinas de demônios”.

 

Preparo intelectual do obreiro

 

Um bom obreiro deve compreender que é um ser humano, uma pessoa incluída em uma sociedade. Apesar de sermos separados para viver no céu, não podemos viver como alienígenas no meio social.

Todo obreiro possui um grade de relacionamento que vai do membro, congregado, ao comerciante, mendigo, padre, funcionário público, vendedor, policial, médico, prefeito, deputado, governador, vereador, presidente da câmara municipal de sua cidade, enfim, vive numa sociedade que naturalmente, o passará a ver como uma referencia religiosa, e o bom obreiro deve tomar consciência disso.

Não importa o quanto de poder e santificação este obreiro possa viver, se ele não souber se apresentar para esta sociedade que o observa, jamais terá o respeito de um representante de Deus.

 

Um bom obreiro precisa também se qualificar perante a sociedade.

 

A maneira como o obreiro se apresenta define muito bem a sua personalidade e o grupo que representa. Daí a necessidade de aprender a se apresentar, ler e entender o que lê. Saber falar de forma correta, usando bem o português. Entender como se dirigir a um prefeito, o vereador, o governador ou mesmo para seu pastor, seu bispo ou apostolo.  O obreiro, querendo ou não passa a contar como referencia, e logo, terá um irmãozinho lhe perguntando “como é isso?” ou “isso é certo ou errado”. Ou mesmo no meio social, será contado como referencia, se ele compra e demora a pagar, possivelmente será incluído ele e todos de sua igreja, na lista dos “maus pagadores”. Por isso o obreiro tem de ser preparado, para saber se apresentar como obreiro aprovado e não reprovado.

 

 

 

Obreiros Preparados.

 

É fato para o obreiro que quem chama, prepara, envia e cuida é Deus, mas na Bíblia há exemplos claros de homens de Deus que tiveram um preparo intelectual e cultural para atender demandas divinas:

  • Moisés— Entendido em toda ciência do Egito. Deus o preparou para exercer a missão que tinha para ele.
  • Lucas— Médico cujo evangelho foi escrito aos Gregos (a nata intelectual da época) e procurou apresentar Jesus como o homem perfeito que tanto eles esperavam. Lucas não sabia, mas quando ele estava estudando medicina, Deus o estava preparando para uma missão especial, escrever o evangelho de Jesus Cristo aos Gregos.
  • Paulo— A formação de Paulo, para alguns especialistas, foi fundamental para que tivesse sucesso no seu ministério. Paulo viveu numa época em que várias etnias e culturas estavam associadas, através da universalidade da língua grega, havia uma comunicação, comercialização e um nível cultural altíssimo naquela era, herança do período anterior em que foi estabelecida a cultura helena (grega).

Somente com conhecimento poderemos defender o evangelho.

slyde 04b

Em Atos dos Apóstolos, Paulo chegou a discutir com filósofos gregos (estóicos e epicureus) sobre a tese de que Jesus Cristo era o Filho de Deus ressurreto: “E alguns dos filósofos epicureus e estóicos contendiam com ele; e uns diziam: Que quer dizer este paroleiro? E outros: Parece que é pregador de deuses estranhos; porque lhes anunciava a Jesus e a ressurreição” (Atos 17.18).

  • Apolo(At 18.24-28) — segundo Gardner (2000, p.61):

“como homem ‘instruído’ recebeu formação de ‘nível universitário’ em retórica, na grandemente valorizada educação grega. Pouco se sabe sobre Apolo, mas se sabe que era um homem que possuía um ensino disponível apenas para a elite, devido aos seus mais elevados custos.

Lucas diz que Apolo era ‘poderoso’ no uso das Escrituras. ‘Poderoso’ era um termo retórico para lógica e persuasão. Ele aprendeu a arte da habilidade nos debates e em sua educação secular e usava isso de maneira excelente, ‘demonstrando’ (outro termo retórico) pelo Antigo Testamento que Jesus era o Messias prometido (At 1.18.24).

Pelos padrões do primeiro século, é apresentado como um formidável judeu cristão, apologista e debatedor, e combina seu conhecimento exaustivo do AT com sua educação secular na arte da retórica (Compare Apolo com outros pregadores, os quais, em termos de educação formal, eram descritos como ‘sem letras e indoutos’ — At 4.13)”.

 

Escola de obreiros?

Quando estudamos a vida de Samuel, vemos que ele tinha uma escola de profetas. E hoje, por que muitas igrejas não possem nem um curso de obreiro. Será que já não é mas necessário a preparação para a realização da obra?

Se levarmos em consideração o texto de 1 Samuel 19.20 veremos que Samuel tinha uma escola de profetas e ali eram fornecidas instruções para o intelecto deles, tinha-se um clima espiritual muito intenso a fim de que o candidato a profeta entendesse realmente o ministério que iria exercer.

“Então enviou Saul mensageiros para trazerem a Davi, os quais viram uma congregação de profetas profetizando, onde estava Samuel que presidia sobre eles; e o Espírito de Deus veio sobre os mensageiros de Saul, e também eles profetizaram”. Neste texto vemos a aprovação do Senhor em relação a escola de profetas.

 

 Preparação de um bom obreiro.

 

Um bom obreiro deve possui uma boa base de conhecimento teológico. Não estou dizendo que o obreiro deve fazer uma faculdade de teologia, mas que sim, o obreiro deve fazer cursos de teologia para ter um mínimo de conhecimento. Pois caso contrário, será facilmente engando pelas “doutrinas de demônios” que tem sido cada vez mais difundidas dentro das igrejas.

  • Um bom obreiro de ter bom conhecimento Exegético e Hermenêutico do texto Sagrado.
  • Saber usar as  técnicas da Homilética para desenvolver sermões de todos os tipos e para várias ocasiões [cultos fúnebres, aniversário de 15 anos, casamento, cultos cívicos, cultos ecumênicos, dia do soldado, dia do professor, formaturas (paraninfo ou cultos relacionados a formaturas)].
  • Ter uma boa Oratória para melhorar a sua forma de se expressar-se.
  • Fazer uso da Teologia Sistemática para conhecer melhor a ortodoxia das principais doutrinas da Bíblia Sagrada tornando-se um apologista das coisas divinas.

Estes são requisitos mínimos eclesiásticos para que o obreiro possa exercer com excelência o ministério a qual foi ungido.

Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido, E que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus. Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra” (2Tm 3.14-17).

Esta gostando do artigo?

Escreva-se na minha lista de amigos e ganhe um E-book. Agora!

Um bom obreiro vive a bíblia.

Viver a Bíblia, hoje é uma necessidade imprescindível para aquele obreiro que deseja se apresentar a Deus aprovado.

E você só consegue viver a bíblia através da leitura, meditação, comparação com outras versões, consulta aos originais, uma boa hermenêutica, tudo isso faz uma grande diferença na vida de qualquer obreiro. Ler a bíblia é fácil, vive-la leva tempo e trabalho.

Uma cultura bíblica reforça uma mensagem genuinamente bíblica. Bem formatada, bem diagramada e acima de tudo compreensível.

Segundo Rafael Carlos: “Para o obreiro, a Bíblia não deve ser considerada apenas como um simples livro com informações históricas, mas ela deve ser para ele um manual que serve para orientá-lo em qual direção ele deve seguir em todas as áreas de sua vida (Sl 119:105)”!

Paulo, mesmo nos seus últimos dias de vida, fazia questão de continuar, estudando, meditando e ampliando seu conhecimento.

 “Quando vieres, traze a capa que deixei em Trôade, em casa de Carpo, e os livros, principalmente os pergaminhos” (2 Timóteo 4.13).



Use as ferramentas que Deus lhe deu.

A utilização do computador pelo obreiro não é nenhum problema, desde que saiba usa-lo com moderação e sobre o consentimento do Espirito Santo. Pois os riscos de se corromper com mau uso do computador existe, mas com sabemos, toda ferramenta pode ser usada para o mau, mas que decide isso é o usuário. Então sobre o controle do Espirito Santo de Deus o uso do computador e da internet para ampliação do conhecimento pode ser uma fonte excelente.

O acesso à internet com seus perigos é uma realidade na vida de muitos obreiros. Inconvenientes bate-papos têm levado muitos a se apaixonaram virtualmente e praticaram sexo virtual e destruindo seus casamentos. O obreiro deve ser criterioso no uso ou na exposição de sua imagem ou vida em sites de relacionamentos.

Use o computador para ampliar seus conhecimento e melhorar seu relacionamento com Deus e não com as pessoas que estão do outro lado.

Busque o conhecimento.

Busque fazer cursos online, buscar referencias bíblicas, estudo e artigos. Nas internet você encontra muitos livros ebooks que pode ser baixados gratuitamente. Livros que ampliaram seus conhecimentos. Você também encontra sermões prontos, que você pode usar facilmente em suas pregações. E também pode assistir pregações que vão edificar a vida do obreiro.

O evangelismo na internet existe e é louvável, mas lembre-se, sua missão é a de aprender, estudar e se preparar. Depois, quando estiver preparado, comece então uma missão evangelística na internet. Mas primeiro, busque se fortalecer. Pois as pessoas buscaram em você força, poder e conhecimento. Mas principalmente conhecimento. Então se prepare.

banner - ebook- lagrimas de alegria - ibl - 01

“ Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.”
2 Timóteo 2:15

Amados, a ordem é clara, procura apresentar-se a Deus aprovado. Mas será que estamos buscando isso? Confesso a você que no inicio, nada é fácil, mas temos de entender que a ordem é clara e teremos de nos apresentar a Deus, aprovados ou não, preparados ou não. E como você deseja se apresentar. Espero que você deseja se apresentar aprova. Busque conhecimento e a sabedoria, pois Deus dá liberalmente.

“Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida.”

Tiago 1:5



Sobre o autor | Website

Professor da EBD - Ministro na Igreja Evangélica Ministério Vida de Minas Gerais. Teólogo, Mestre em Teologia Sistemática Aplicada, Blogueiro Cristão a vários anos, já escreveu mais 1000 artigos para diversos blogs e sites. Artista Plástico, Designer e Escritor. Criador do Curso digital: TSA- Teologia Sistemática Aplicada.

Gostou do artigo?

Escreva-se na minha lista de amigos e ganhe um E-book. Agora!

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: