Dominio: escolabiblicaonline.net
Chave: 0e2b778fe7b08b4f039d68e64846fdfe918df7bb
Hora do cache: 1501043421
Vida do cache: 1501086621
Status: 1
Mensagem: Centive nao respondeu
Chave do Pedido: c8c2cbe6dbc85fc36375da1d48e4e880bd51276d
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top
Baixe Grátis Nosso Brinde desta semana!

Esta semana estamos oferecendo totalmente de graça o E-book 250 Perguntas e Respostas na Bíblia - Especial para Gincanas.

São 250 perguntas e pegadinhas ótimas para ensinar de forma divertida na EBD.

Campanha Saindo da Crise – Primeiro Passo

Compartilhe a Verdade que Liberta!

Primeiro Passo Para Sair da Crise

Olá amados, a Paz do Senhor. Por acaso você está passando por alguma crise? Já passou? Conhece alguém, que por acaso esteja passando por algum tipo de crise? Pois bem amados, esta semana começou uma campanha em nossa igreja (Igreja Ministério Vida de Minas Gerais – Sub-se) com o tema “Saindo da Crise” e este tema me inspirou a escrever uma série de artigos baseados nesta campanha que será realizada durante sete sextas-feiras.  Então durante as próximas semanas eu estarei aqui, todos os sábados, sempre publicando um artigo, sobre este tema: Saindo da Crise. Minha intenção é justamente fornecer informações bíblicas para que possamos entender que as chamadas “crises”, chegam para todos, e todos estamos sujeitos a passarmos por uma crise.  Se olharmos na Bíblia, veremos que não teve um único personagem principal, que não tenha passado por uma crise. De Adão no Genesis a João no Apocalipse, todos, na história bíblica passaram por crises. Então já pra começarmos a falar sobre o tema, saiba, que se você tem passado ou passou por algum tipo de crise, não se surpreenda; todos passaram e nós também passaremos. Cristãos ou não.  Mas com uma única diferença, nós cristãos, temos um redentor. E isso faz toda a diferença.

Então vamos ao que interessa. Vamos ao primeiro passo para sair de uma crise, seja ela qual for.

o primeiro passo para sair da crise

1º Passo. Identifique a Crise.

Amados uma crise independente de qual seja, financeira, pessoal, espiritual ou qualquer outro tipo de problema, que se qualifique com uma crise, para nós cristãos ela só pode se enquadrar em duas classes. E são elas “provação” ou “tribulação”. Deixa eu te explicar melhor. Uma crise pode ser financeira, ou seja, você está passando por um período onde por mais que trabalhe, não consegue pagar suas contas, ou melhor, está passando por um período onde, por exemplo, não tem sequer conseguido comprar os alimentos que seus filhos desejam. Já ouvi casos de irmão que já passaram por crises financeiras tão profundas, que chegaram a pedir alimentos na igreja, pois estavam passando por necessidades em suas casas. Como eu disse no inicio, todos nós podemos passar por crises. Mas como também falei o primeiro passo para se passar pela crise e sair vencedor é identificar a crise e para nós cristãos uma crise só pode se enquadrada em dois pontos: ou ela é uma “tribulação” ou é uma “provação”.

E qual a diferença de “provação” e “tribulação”.

Leves e momentâneas tribulções

Vamos então aprender sobre o que é uma provação e uma tribulação. Aprendendo sobre elas, saberemos exatamente em qual das duas a nossa possível crise se enquadra. E sabendo em qual das duas estamos, podemos então buscamos a solução ou melhor, a saída da crise. Vamos então conhece-las. A primeira, a “provação” como o próprio nome diz, é uma “prova”. Mas como assim uma prova? Vamos então pra bíblia, vamos falar um pouco sobre os reis do antigo testamento. Logo quando lemos sobre um rei, sabemos logo de inicio se ele foi um bom rei, e teve um bom reinado ou não. E como sabemos disso, simples, existe uma frase que nos diz isso e essa frase é “E fez tudo como era agradável ao Senhor” ou “e fez tudo quanto era desagradável ao Senhor”, você pode confirmar isso lendo o livro de 1 Reis e 2 Reis, veja com foi os reinados que se sucederam após a morte de Salomão, filho de Davi. Mas vamos continuar,  bom, quando lemos que um rei fez tudo que agradava ao Senhor, sabemos logo de inicio que aquele rei, foi abençoado e teve um reino prospero e abençoado pelo Senhor, mas quando lemos o contrário, não precisamos ler muito e logo veremos que aquele rei não foi muito longe com seu reino. Mas existe um caso que nos serve de exemplo muito bom para “provação”. É o caso do rei Ezequisas, se você ler em 2 Crônicas 32 verá que diz que ele fez tudo que era agradável ao Senhor, e o reino dele foi prospero, mas teve um porém, em certo ponto durante seu reinado, o seu reino foi sitiado pelo mais poderoso e cruel exercito conquistador que existia naquela época, e um grande crise, tanto física, pois o reino foi sitiado, e não tinha como pedir ajuda, ou mesmo compra alimentos o armas para enfrentar o exercito inimigo, assim também como um crise espiritual, pois , além da fama de cruéis, aquele exercito conhecia as táticas de guerra psicológica, pois se você ler, verá que ele enviou um soldados, oficiais, para ficar, ao lado do muro, gritando frases na línguas dos Judeus , frases que tinham o único motivo de assusta-los  e desmotiva-los enfraquecendo assim o exercito de Ezequisas, sem falar é claro nas cartas, extremamente impiedosa que o rei Senaqueribe  enviou para Ezequias. Bom, eu gostaria muito de continuar a falar sobre esta passagem do rei Ezequias, mas o tema não é este e sim a crise. Pois bem, para reduzir, entenda a situação, e por que a crise que Ezequias passava era uma provação e não uma tribulação. Ezequias tinha feito tudo que agradava ao Senhor, e mesmo assim a crise chegou a até ele. Isso nos mostra que Ezequias na verdade estava sendo “provado” por Deus. Sim, uma provação nada mais é que uma prova, a qual todos estamos pré-dispostos a passar, pois como diz a palavra de Deus, nós os seus filhos, viveremos de “Glória em Glória”. Mas entre uma glória e outra, teremos de passar pelas provas. Pois como seremos aprovados e promovidos, se não formos provados. Ezequias foi um rei fiel ao Senhor, teve seu reino ameaçado e sitiado por Senaqueribe, mas devido a sua fidelidade ao Senhor, no final, ele foi aprovado, e Senaqueribe totalmente destruído. Um bom exemplo também  é a história de Jó, veja que logo no inicio, que não é o diabo que chega perguntando a Deus sobre Jó e sim o Senhor que fala sobre Jó ao diabo. Na verdade, Deus queria abençoar ainda mais a Jó, queria promove-lo, eleva-lo a um nível material e espiritual maior, e para isso usou ao diabo para provar a Jó. Lendo você verá logo no inicio que Jó, era um homem fiel e temente a Deus, tinha tudo para ser abençoado, mas para ser promovido precisava ser provado, pois como a própria palavra de Deus nos fala, “Deus prova a quem ama” Hebreus 12. 06-14. Então Jó passou por uma grande crise, perdeu tudo, filhos, filhas, bens, e só não perdeu foi a esposa, pois esta também serviu para provar a Jó quando o aconselha a amaldiçoar a Deus.

Cadastre seu e-mail e receba novidades

Então podemos entender que quando, fazemos tudo o que agrada ao senhor e somos fies a sua palavra, andamos corretamente com Deus e ainda assim a crise chega até nós, na verdade estamos sendo provados, ou seja estamos passando por uma “provação” e não por uma “tribulação”. Como eu disse, o primeiro passo para sair de uma crise é saber em qual das duas classes ela se encaixa, “provação” ou “tribulação”. Se você anda corretamente diante de Deus, e a crise chega, então é uma “provação” mais ao contrário, se anda fazendo alguma coisa que desagrada ao Senhor, então você pode muito bem estar passando por uma “tribulação”. E para identificar se é uma tribulação ou provação, basta olharmos para nós mesmos, para nosso passado recente. Veja o caso do filho prodigo. Ele no final da parábola passou por uma grande tribulação, mas na verdade ele apenas estava colhendo o que plantou. Um bom exemplo de crise financeira que se enquadra em tribulação é o caso de um amigo que conheço. Este amigo vive reclamando da fatura do seu cartão. Diz que não consegue pagar e que a cada dia está ficando mais endividado financeiramente graças ao cartão de crédito. Segundo ele, está passando por uma grande crise financeira, e enganando-se diz que é uma “provação”, mas para minha tristeza, está que meu amigo está passando, nada mais é que uma “tribulação”, pois ele está colhendo, aquilo que plantou. Pois como todos sabemos, se compramos com o cartão de crédito, temos de pagar. Ou seja, se você ganha R$ 1.000,00 não pode de forma alguma gastar R$ 2.000,00 no cartão e depois que a fatura chegar, ficar com raiva de Deus, ou se lamentando por não conseguir pagar a fatura. Temos de ser realistas, “só colhemos aquilo que plantamos”. Uma tribulação se enquadra muito nesta lei, “ a lei da semeadura” se plantamos ventania, com certeza colheremos tempestades, como a palavra de Deus mesmo nos diz. Para finalizarmos esta parte, temos de entender que: Uma crise só pode ser enquadrada em dois pontos na vida de um cristão, ou ela é uma “Provação” – Você não plantou aquilo,  então está sendo provado, para conquistar algum muito melhor da parte de Deus. Ou a crise é uma “Tribulação”  – Você está simplesmente colhendo aquilo que plantou.

Então o primeiro passo para sair da crise e saber em qual das duas classes ela se enquadra: “tribulação” ou “provação”

Bom, assim que identificamos, se estamos sendo provados ou se estamos colhendo aquilo que plantamos, já estaremos então caminhando em direção da solução da crise. Já estamos então saindo da crise. Mas não para por ai, este é só o primeiro passo, logo que identificamos a crise, temos então de então que começarmos a tomar as atitudes certas para sairmos dela.

Identifique em qual ponto sua crise se enquadra e se prepare, pois no próximo artigo sobre este tema estarei falando sobre o próximo passo para sair da crise. Até o próximo artigo, comente o que achou do artigo e fique na Paz do Senhor Amado.


Sobre o autor | Website

Professor da EBD - Ministro na Igreja Evangélica Ministério Vida de Minas Gerais. Teólogo, Mestre em Teologia Sistemática Aplicada, Blogueiro Cristão a vários anos, já escreveu mais 1000 artigos para diversos blogs e sites. Artista Plástico, Designer e Escritor. Criador do Curso digital: TSA- Teologia Sistemática Aplicada.

Gostou do artigo?

Escreva-se na minha lista de amigos e ganhe um E-book. Agora!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: